Quase 7 mil pessoas vítimas de acidentes deram entrada no HGR

298 views

O ano de 2022 encerrou com um dado preocupante, no que se refere ao número de pessoas vítimas de acidentes de trânsito, que deram entrada no HGR (Hospital Geral de Roraima).

De 1º de janeiro até 31 de dezembro, 6.941 pessoas deram entrada no HGR em decorrência de acidentes ocorridos nas vias da Capital e de municípios do interior do Estado. Uma média de 19 pessoas atendidas, por dia, na unidade de saúde.

Do total de vítimas que deram entrada no hospital, 75% estavam em motocicletas, o que representa 5.218 pessoas. Outros números são: 447 pacientes vítimas de acidentes de bicicleta; 646 vítimas estavam em carros; 328 foram de atropelamentos, e 302 em razão da colisão entre veículos.

Os dados são do Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME), da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

O presidente do Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima), coronel Álvaro Duarte, disse que mudar o comportamento das pessoas no trânsito é difícil, porque no Brasil, os condutores de veículos, culturalmente, cometem muitas infrações no trânsito e, consequentemente, muitos precisam de atendimento nas unidades públicas de saúde.

“No ano passado, uma média de 19 pessoas por dia deram entrada no HGR em decorrência de acidentes de trânsito. Esses atendimentos geram gastos com medicamentos, com médicos e infraestrutura”, comentou o presidente do Detran-RR.

Sobre o número 5.218, referente a vítimas de acidentes de moto que deram entrada no HGR, o presidente do Detran-RR alertou que os motociclistas precisam redobrar a atenção no trânsito.

“É um dado preocupante, e você motorista que está no trânsito dirigindo motocicletas, dirija com responsabilidade e cidadania e use seus equipamentos de segurança. Isso vale também para passageiros e para todos os motoristas e pedestres”, ressaltou Álvaro Duarte.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Pular para o conteúdo